Detalhes, Ficção e Carlos

Ao invfois disso optaram pelo desenvolvimento autóctone de capacidades bem Muito mais importantes tais como aviaçãeste de patrulha moderna, escoltas anti-afoireas, submarinos, produção de misseis e torpedos de maneira independente. O emprego por PAs deriva por uma mentalidadede naval imperial formada na US Navy qual herdeira da tradição naval britânica buscou a partir de cedo o domínio dos mares. Adotar este nosso pensamento estratégico, queembora correto pelo contexto geopolitico Norte Americano ou Ainda mais recentemente da China esta bastante longe da nossa realidade tanto econômica, sociale tecnológica tais como do nosso contexto geopolítico. Pior chega a parecer 1 erro estraté especialmentegico grosseiro do nossos almirantes.

Marcos, este qual a imprensa não especializada divulga é uma meia verdade. Foram sim 21 bi, só de que não de modo a o submarino, e sim para o desenvolvimento de uma tecnologia.

“O submarino possui a virtude do se ocultar facilmente e a deficiência do ser cego quando submerso.”

“Se ESTES estudos do exequibilidade já iniciados definirem de que este futuro navio-aeródromo da MB será por propósitos múltiplos, com doca alagável e capacidade de operar aeronaves do pouso vertical e decolagem curta [caso do espanhol Juan Carlos I], na década do 2020 deve começar a meter, aos poucos, aeronaves saiba como este F-35B.

Reply Flávio Henrique 17 do fevereiro de 2018 at 23:52 Vejo com bons olhos a notícia de que iniciaram ESTES estudos Ainda mais espero qual ou a MB comece a estuda junto utilizando ESTES francese(de modo a se reduzir custo pois eles começaram a estudar 1 substituto para o CdG), ou procure parceiro de que busque belonaves do Género e saibam construir(será talvez possa ser o Japão [re]militarizado?

Reply Alberto 17 por março por 2018 at 21:37 A MB possui qual parar por puxar saco Destes franceses que ja nos deram 1 cano naquela bosta do porta blindada-aviões sãeste paulo e olhar parcerias de que geram frutos de verdade, tais como utilizando os britanicos, de que por sinal, fizeram um otimo negocio pra nos com o HMS Ocean, quando eles começaram a desenvolver o porta blindada-aviões (HMS Queen Elizabeth), foi nos oferecido uma parceria, de que foi declinada pelo governo ou pela MB, nãeste sei ao certo, mas este fato e de que se tivessemos aceitado a parceria, estariamos recebendo um porta-aviões por ultima geração na proxima decada.

Voltando de modo a este mundo real das boas notícias: há comentário moderno pelo post sobre este Ocean, usando link para jornais ingleses.

Reply Nilson 20 por fevereiro de 2018 at 11:05 Quanto à proteção de comboios – manutenção de linhas de suprimento – ESTES Porta blindada Aviões se mostram indispensáveis. Na II Guerra surgiu a figura Destes porta blindada aviões de escolta, Ainda mais leves, construídos rapidamente e de menor porte, devido à quantidade necessária de modo a fazer frente às matilhas por submarinos.

Observando ESTES comentários do amigo Luiz Monteiro, é importante sim você pode olhar aqui estudar as várias possibilidades existente Este momento, isso permite tomar uma decisãeste mais lúcida e do convénio usando as possibilidades financeiras existentes, calculando os riscos de que ocorreram no decorrer da implementação, até mesmo esse estudo em programas por computadores da estrutura/esqueleto do NAe São Paulo, isso é isento dúvida 1 avançeste espetacular, espero sinceramente qual possamos ter boas notícias Acerca este tema, entretanto, não podemos esquecer que nãeste adianta deter 1 NAe se houver escoltas em quantidade e capazes de prover a defesa necessária.

Aliás eu gostaria do olhar a esquadra usando 2 porta blindada aviões já que aquela máxima “quem possui 1 possui nenhum” continuará valendo pelo futuro.

Considerando que a prioridade são ESTES submarinos, até mesmo posto qual este NAe é 1 enorme alvo a ser protegido, enquanto não tivermos a frota submarina consolidada (pelo menos uns 4 subnuc operando) não haverá condições de modo a começar a construir porta aviões.

.ahhh..twria de que vir com dica alagavel…isso mal 1 pensamento..pois nao vamos projetar força em timor leste ou Moçambique…maisss..marcar uma presença ali na Namíbia..sonho o..hehehe

O Stobar embora tenha uma taxa de surtidas menor e uma propriedade menor do explorar em 100% as capacidades da aviaçãeste embarcada, é de numero de itens bem menor a quebrar ou ser atingido fatalmente por inimigo, Ainda mais barato e custo menor.

Parece perfeito de modo a 1 NAE nuclear projetado nos anos 1980, nãeste de modo a algo qual será comissionado na dé especialmentecada por 2030, 50 anos depois. Ainda Muito mais usando essa propulsão convencional qual aventam, invencionice da DCNS, teriam qual aumentar o tamanho do vaso de modo a umas 60 mil toneladas para deter alguma autonomia e caber este resto dos suprimentos.

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15

Comments on “Detalhes, Ficção e Carlos”

Leave a Reply

Gravatar